Fibrenamics Green atribui prémio a jovens designers

A Plataforma Fibrenamics Green – produtos inovadores com base em resíduos já selecionou os vencedores do primeiro concurso de criatividade Green Think Tank.

Pedro Regadas e Sónia Soeiro são os vencedores dos desafios lançados. Pedro Regadas conquistou o primeiro lugar no desafio Fibre com o projeto “Dress your pans” e Sónia Soeiro foi a justa vencedora do desafio “Wood” com o projeto “Facet Stool”.

Ao vencedor de cada um dos desafios será atribuído um prémio monetário de €500,00, e será dada a possibilidade de desenvolver o seu produto e de apresentar publicamente o seu projeto.

A equipa Fibrenamics Green elegeu a melhor proposta para cada um dos desafios, segundo critérios de mérito, de inovação, criatividade, sustentabilidade e exequibilidade técnica e, para isso, procurou as duas melhores soluções que aplicassem o desenvolvimento de produtos com base em resíduos com novas utilidades, formas, toque, acabamentos e emoções.  O júri do concurso foi constituído por Raul Fangueiro, coordenador da plataforma Fibrenamics Green, Bernardo Providência, da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, e David Bota docente no IADE Lisboa e na ELISAVA Barcelona.

Direcionado para todos os membros pertencentes à rede Green Think Tank (GTT), este concurso pretendeu colocar as ideias a fervilhar sempre com o intuito de desenvolver um produto inovador com base em resíduos.

O Projeto Fibrenamics Green – Plataforma para o desenvolvimento de produtos inovadores com base em resíduos, com a referência NORTE-01-0246-FEDER-000008, é cofinanciado pelo FEDER no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte NORTE2020, com um custo total elegível de 552.856,83€, apoio financeiro da EU de 469.928,31€ e autofinanciamento de 82.928,52€.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter
Vencedor Concurso Fibre
Vencedor Concurso Wood