Especialistas mundiais falam do futuro das fibras em Portugal

Fibrenamics e 2C2T trouxeram dois dos maiores investigadores internacionais em nanocelulose e materiais auxéticos à Universidade do Minho para um workshop gratuito.

A Universidade do Minho foi o palco do Workshop Internacional ‘Tendências e Oportunidades de Inovação com Fibras’ promovido quinta-feira, 21 de fevereiro, pela Fibrenamics – Plataforma Internacional da Universidade do Minho e pelo 2C2T – Centro Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil.

Em Guimarães, Orlando Rojas da Aalto University na Finlândia e Hu Hong, Polytechnic University de Hong Kong apresentaram o que de mais inovador está a ser criado nos campos da nanoculelose e materiais auxéticos, respetivamente.

Para Orlando Rojas o desenvolvimento de novos produtos a partir da nanocelulose será a solução para um mundo mais sustentável, substituindo plásticos, resinas químicas, têxteis e componentes eletrônicos. No entanto, o vencedor do prémio Anselme Payen 2018 alerta para o facto de que “os nossos netos já não conhecerão o papel impresso”, pois o uso convencional da madeira está em declínio dada a ascensão das novas funcionalidades para este material.

Dada a sua versatilidade, os materiais auxéticos serão também uma aposta ganha para o futuro no campo aeroespacial e criação de embalagens, mas sobretudo no setor têxtil. Para Hu Hong “este tipo de material tem uma alta aplicabilidade nas mais variadas áreas, sendo uma ótima escolha tanto para a proteção como para roupa de crianças e grávidas”.

O Workshop Internacional foi promovido no âmbito dos núcleos de pesquisa e desenvolvimento NIDPROTECH, para a proteção pessoal e o NIDYARN, para fios funcionais de elevado desempenho, desenvolvidos pela Latino Confecções e Inovafil Fiação, respetivamente, com o apoio da Fibrenamics e 2C2T.

O evento reuniu mais de 150 pessoas entre investigadores, académicos e empresas, fomentando a análise das tendências e oportunidades para um dos setores mais expressivos da economia Portuguesa.