Fibras Não-Naturais

As fibras não-naturais foram desenvolvidas com o intuito de melhorar várias propriedades, como o rendimento mecânico, a estabilidade térmica e a condutividade elétrica, relativamente às fibras naturais.

São conhecidas como fibras feitas pelo Homem e, podem dividir-se em artificiais ou sintéticas.

As fibras artificiais são obtidas a partir da transformação de polímeros naturais, através da ação de agentes químicos, em processos de extrusão. Na sua grande maioria, o polímero percursor de muitas das fibras artificiais é a celulose, extraída de linters de algodão, folhas de árvores, como o eucalipto, bamboo, soja, milho, entre outras. Outros percursores, como a caseína do leite ou o alginato extraído das algas, podem igualmente ser utilizados.

As fibras sintéticas são normalmente produzidas quimicamente através de percursores provenientes do petróleo, originando uma vasta gama de materiais com propriedades diversas. O aparecimento das fibras sintéticas contribui fortemente para o alargamento da gama de aplicações dos materiais à base de fibras, considerando as suas propriedades físicas, químicas e mecânicas. Desta forma, fibras de poliéster, poliamida ou polipropileno encontraram rapidamente aplicações generalizadas e em grande escala em áreas ditas não-convencionais – vestuário e têxteis-lar, incluindo medicina, transportes, aeronáutica, construção civil, de entre muitas outras.

Fibras Naturais

Fibras Naturais

As fibras naturais podem ser de origem animal, vegetal ou mineral. Nos últimos anos tem-se assistido a um interesse renovado pelas fibras naturais considerando as questões relacionadas com a sustentabilidade do planeta.

Ver mais

Fibras Não Naturais

As fibras não-naturais foram desenvolvidas com o intuito de melhorar várias propriedades, como o rendimento mecânico, a estabilidade térmica e a condutividade elétrica, relativamente às fibras naturais.

Ver mais

fibras inorgânicas

Fibras Inorgânicas

As fibras inorgânicas, também muitas vezes apelidadas de fibras de alto desempenho ou de super-fibras, apresentam caraterísticas e propriedades que as diferem das restantes fibras não-naturais.

Ver mais

fibras funcionais

Fibras Funcionais

As fibras funcionais são fibras que desempenham uma função específica, podendo definir-se como sendo únicas, na medida em que cada uma está apta para responder a uma dada situação.

Ver mais

Nanofibras

As nanociências e a nanotecnologia deram origem às nanofibras, sendo atualmente dos principais focos de atividades de investigação, desenvolvimento e inovação, onde os investimentos têm sido significativos.

Ver mais

fibras multicomponentes

Fibras Multicomponentes

Espera-se que no futuro, pela possibilidade de combinação das propriedades dos polímeros de base, as fibras bicomponentes se assumam como materiais de engenharia em áreas tão diversas como a medicina, a arquitetura, a agricultura e, mesmo, a moda.

Ver mais

Aprenda online com especialistas Fibrenamics

Aprenda online com especialistas Fibrenamics

Junte-se à rede. Experimente grátis

You have Successfully Subscribed!