Nanofibras

As nanociências e a nanotecnologia deram origem às nanofibras, sendo atualmente dos principais focos de atividades de investigação, desenvolvimento e inovação, onde os investimentos têm sido significativos.

As nanofibras são normalmente produzidas por fiação eletrostática.

Os polímeros base normalmente utilizados para a formação de nanofibras são polietileno (PE), polipropileno (PP), polibenzimidazole (PBI), poliacrilonitrilo (PAN), poliamida (PA), polietilenotereftalato (PET), e poliéster (PS), entre outros.

Considerando a escala nanométrica em que estas fibras são concebidas, apresentam propriedades especiais que as tornam muito atraentes para numerosas aplicações, tais como:

– Elevada área superficial específica (área / unidade de massa);
– Alta relação de aspeto (comprimento / diâmetro);
– Baixo número de defeitos;
– Potencial biomimético.

Estas propriedades levam à potencial aplicação das nanofibras em campos tão diversos como filtros de alta performance, materiais fibrosos absorventes, compósitos reforçados por fibras, materiais fibrosos para curativos, enxertos criados em vivo para implantes, materiais para libertação controlada de fármacos, dispositivos nano e microeletrónicos, blindagem eletromagnética, dispositivos fotovoltaicos, elétrodos de alta performance, bem como uma gama de sensores baseados em nanofibras.

Fibras Naturais

Fibras Naturais

As fibras naturais podem ser de origem animal, vegetal ou mineral. Nos últimos anos tem-se assistido a um interesse renovado pelas fibras naturais considerando as questões relacionadas com a sustentabilidade do planeta.

Ver mais

Fibras Não Naturais

As fibras não-naturais foram desenvolvidas com o intuito de melhorar várias propriedades, como o rendimento mecânico, a estabilidade térmica e a condutividade elétrica, relativamente às fibras naturais.

Ver mais

fibras inorgânicas

Fibras Inorgânicas

As fibras inorgânicas, também muitas vezes apelidadas de fibras de alto desempenho ou de super-fibras, apresentam caraterísticas e propriedades que as diferem das restantes fibras não-naturais.

Ver mais

fibras funcionais

Fibras Funcionais

As fibras funcionais são fibras que desempenham uma função específica, podendo definir-se como sendo únicas, na medida em que cada uma está apta para responder a uma dada situação.

Ver mais

Nanofibras

As nanociências e a nanotecnologia deram origem às nanofibras, sendo atualmente dos principais focos de atividades de investigação, desenvolvimento e inovação, onde os investimentos têm sido significativos.

Ver mais

fibras multicomponentes

Fibras Multicomponentes

Espera-se que no futuro, pela possibilidade de combinação das propriedades dos polímeros de base, as fibras bicomponentes se assumam como materiais de engenharia em áreas tão diversas como a medicina, a arquitetura, a agricultura e, mesmo, a moda.

Ver mais

Aprenda online com especialistas Fibrenamics

Aprenda online com especialistas Fibrenamics

Junte-se à rede. Experimente grátis

You have Successfully Subscribed!