Projetos com Fibra

Fibrenamics Green – Sustentabilidade e valorização de resíduos pela inovação

A Plataforma Internacional Fibrenamics, em parceria com o Centro para a Valorização de Resíduos (CVR) da Universidade do Minho, está a desenvolver um novo projeto – Fibrenamics Green – que visa a inovação, incorporação e valorização de resíduos provenientes de várias indústrias, dando continuidade ao trabalho com base em fibras, já amplamente desenvolvido pela plataforma Fibrenamics, através da produção de modelos de transferência de conhecimento científico e tecnológico para o tecido empresarial.

Responsabilidade sócio-ambiental nas organizações
A preservação do meio ambiente é um tema cada vez mais relevante na sociedade. Apesar das empresas se preocuparem com as questões relacionadas com a responsabilidade sócio-ambiental ainda há um longo caminho a percorrer no que que concerne proteção ecológica e a diminuição do desperdício. A maior parte das indústrias gera resíduos que não estão devidamente aproveitados ou que não estão tão potencializados como poderiam. A falta de sensibilização e o desconhecimento sobre o que existe no mercado tem sido um fator castrador da evolução da sociedade na área da sustentabilidade.

O Fibrenamics Green surge da necessidade de se apresentar soluções sustentáveis aos problemas da poluição causada pelos resíduos no ecossistema, através do desenvolvimento de tecnologias e produtos inovadores com base em resíduos provenientes das indústrias, proporcionando uma simbiose perfeita entre o conhecimento científico e técnico da Universidade do Minho com o know-how das empresas, correspondendo às necessidades específicas do mercado.

A base do princípio estrutural desta plataforma permite que todos os interessados na inovação, quer sejam empresas, centros de investigação, centros tecnológicos, universidades, ou outros, possam encontrar no Fibrenamics Green uma ferramenta que lhes possibilite, por um lado, a demonstração das suas tecnologias inovadoras, como por outro, encontrar novas soluções para incorporar nas suas fileiras de produção e nos seus produtos.

Valorização de resíduos por incorporação de conhecimento e tecnologia
O Fibrenamics Green surge com o objetivo de promover a transferência de conhecimento interdisciplinar e multissetorial, no sentido de potenciar a geração de inovação. A plataforma servirá como intermediário para aplicação do conhecimento envolvente das tecnologias desenvolvidas ao longo dos últimos anos para a transformação de resíduos em diversos setores industriais, assim como para o desenvolvimento de produtos de valor acrescentado para o mercado.

O acompanhamento transversal da conceção do produto é, sem dúvida, o grande ponto-chave deste projeto, uma vez que o Fibrenamics Green será responsável por todo o processo de criação do produto inovador, desde o design ao estudo de mercado, ensaios e avaliações de desempenho, otimização das tecnologias e criação de protótipos, assim como implementação de estratégias de marketing e comunicação. No âmbito do projeto pretende-se converter, através do design e engenharia do produto, seis protótipos customizados.

Aliança entre investigação e indústria
O envolvimento e interação constante entre todas as entidades é um dos fatores diferenciadores do Fibrenamics Green. O projeto visa agregar numa única plataforma todos os agentes envolvidos nas questões relacionadas com a valorização dos resíduos pela inovação e a sua recolocação sustentável no mercado.

Ainda no âmbito deste projeto serão levadas a cabo diversas iniciativas e atividades de integração e demonstração, que possibilitem a partilha e geração de conhecimento, que servirá de base no estabelecimento de novos projetos de valorização de resíduos pela incorporação da ciência e tecnologias, permutando o envolvimento e as sinergias universidade-empresa.

Para a criação das condições que permitam o desenvolvimento de produtos inovadores com base em resíduos, por via da transferência de conhecimento do CVR da Universidade do Minho para as empresas, de uma forma continuada e sustentada a longo prazo, o projeto Fibrenamics Green conta com o cofinanciamento pela União Europeia através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, enquadrado no NORTE 2020 – Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020 com um custo total elegível de 552.856,83€, apoio financeiro da EU de 469.928,31€ e autofinanciamento de 82.928,52€.

Norte2020, Portugal2020, União Europeia, CVR, Fibrenamics, Universidade do Minho
Fibrenamics Green