Vigilância Tecnológica

A+A 2017 (17-20 Outubro)

Ana Leitão

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter
A+A 2017

A A+A 2017 é um dos maiores fóruns na europa para a área da segurança no trabalho, saúde no trabalho/saúde corporativa, proteção contra incêndio/Gestão de desastres e moda corporativa. que ocorre dois em dois anos em Düsseldorf. Contempla um conjunto de conferências e workshops sobre várias temáticas das áreas e, para além disso, conta com a principal feira internacional de fornecedores da indústria de tecnologia e produtos.

A Plataforma Internacional Fibrenamics da Universidade do Minho tem vindo a desenvolver projetos em diversas áreas relacionadas com segurança e proteção e, como tal, não poderia deixar de participar no evento internacional desta mesma área. É também de salientar a presença de várias empresas portuguesas parceiras da plataforma Fibrenamics, como a Latino Confeções Lda e A Penteadora SA, que participaram como expositores neste grande evento.

A feira A+A contou com 1 930 expositores de 63 diferentes países, e mais de 67 mil visitantes da área comercial. A proporção de visitantes internacionais provenientes de mais de 100 países também excedeu a participação registada no evento anterior em 40%. Esta grande afluência a esta feira comprova o crescente interesse em equipamentos de proteção de elevado desempenho e de alta qualidade.

Com 9 pavilhões, a A+A teve como temas fulcrais: a segurança, a proteção e a saúde no trabalho. Áreas de trabalho no âmbito de operações de resgate, assim como formações empresariais, foram também representadas. Os temas com maior destaque na feira, em termos de volume de representantes, focavam-se no vestuário de alta visibilidade e nos equipamentos de proteção como calçado e luvas. A questão da identidade cooperativa teve também enorme destaque, vários comerciantes apresentaram soluções de equipamento de proteção pessoal eficiente e igualmente casual.

Este evento permitiu o contacto direto com diversas entidades da cadeia de valor do vestuário e equipamentos de proteção individual

Este evento permitiu a observação de inovação nos ramos da proteção CBRN, com fatos cada vez mais ergonómicos e com cada vez maior facilidades de serem despidos. Elevado destaque foi dado também ao vestuário ignífugo, cada vez mais ergonómico, confortável ao toque e de melhorado desempenho.

A tendência IOT – Internet of Things foi igualmente observada nesta feira, desde sensores de pele inteligentes, a medição de parâmetros vitais, exosqueletos apropriados para o levantamento de pesos, gerência inteligente de frotas e dados, proteção contra quedas controlada por sensores.

Este evento permitiu o contacto direto com diversas entidades da cadeia de valor do vestuário e equipamentos de proteção individual, desde algumas fibras e materiais até ao consumidor final do produto.