Parceiro Fibrenamics

D2 Technology

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter

A D2 Technology é uma empresa que, embora ainda jovem, se especializou desde a sua concepção na indústria da pedra. Após algumas fases de evolução no mercado expandiu-se abrindo filiais no Brasil, Alemanha e Estados Unidos da América, com distribuidores em diversos outros países.

1 – A D2 Technology nasceu no início do milénio. Que oportunidades e desafios encontraram na altura?

A D2 Technology nasceu em 2003 a representar equipamentos de marca italiana e, em 2007, começou a virar a página ao começar a construir as suas próprias máquinas. Esta nova fase da empresa obrigou a enormes mudanças internas assim como um grande investimento no momento em que a economia nacional atravessava um dos seus períodos mais difíceis.

Contudo, e apesar de enormes sacrifícios, esta travessia permitiu avistar novos horizontes e conseguimos entrar em diferentes mercados e aproveitar novas oportunidades.

Hoje já somos uma empresa de referência no desenvolvimento de Equipamentos CNC.

2- E hoje? A manufatura aditiva é uma oportunidade?

A manufatura aditiva será um processo de desenvolvimento em alta escala em diferentes áreas e concretiza o objetivo de sermos mais eficientes e ecológicos na construção de qualquer tipo de componente.

A D2 Technology, acredita que o futuro será o da manufatura aditiva, pelo que nos estamos a envolver cada vez mais neste projeto com a finalidade de podermos ser capazes de apresentar uma ideia revolucionária podendo mostrar uma vez mais que tudo é possível.

3- O trabalho desenvolvido já lhes rendeu prémios internacionais.  Podem partilhar um pouco da experiência em desenvolver equipamentos de transformação de materiais brutos. Que projetos foram desenvolvendo neste âmbito e como se adaptaram?

O desafio de colocarmos uma empresa jovem como a D2 Technology ao nível de outras empresas que já partilham o mercado há décadas é sempre difícil. No entanto a D2 tem um ADN que mostrou ser diferente da maioria ao tentar recuperar o sentido de apresentar uma máquina robusta, mas com um design incomparável.

A nossa experiência passou por desenvolver máquinas que estão muito ligadas ao setor da Pedra e, neste contexto, fazem hoje parte do nosso portefólio máquinas com até 10 Eixos CNC, para maquinação que pode começar num bloco e acabar numa bela estátua ou uma banheira em pedra natural.

4 – Que vantagens encontram no trabalho colaborativo entre a D2 Technology e a Fibrenamics?

A vantagem que esperamos concretizar entre as duas partes será a de conseguirmos atingir os objetivos a que nos propusemos ao realizarmos este projeto ambicioso.

Contamos com a experiência, a equipa e os meios que a Fibrenamics apresenta para termos a parte de investigação e desenvolvimento que o projeto obriga.

O êxito poderá elevar a imagem das empresas portuguesas e demonstrar mais uma vez a nossa capacidade inovadora.