Parceiros Fibrenamics

Nelson Azevedo – Terapias Globais

Com a prática desportiva frequente, torna-se muito comum a ocorrência de lesões. Numa altura em que fazer desporto está na moda e em que há cada vez mais interesse por parte dos desportistas e dos seus preparadores físicos relativamente a esta temática, a Fibrenamics dedica o tema da newsletter deste mês “às fibras no tratamento das lesões desportivas”, e dá a conhecer um dos seus parceiros cuja atividade consiste na reabilitação especializada.

8 anos de crescimento exponencial
Situado em Pousada de Saramagos, em Famalicão, Nelson Azevedo – Terapias Globais é um Centro de Reabilitação especializada que conta já com 8 anos de existência, sempre com um crescimento exponencial. Na base desse crescimento estão, acima de tudo, os contínuos desenvolvimentos científicos que são promovidos pela equipa de trabalho e pela integração de novos conhecimentos na prática clínica baseada na evidência. “Além da evidência científica na área da reabilitação, procuramos evidências de outras áreas associadas para promover a avaliação e tratamento do indivíduo de forma integrada, desde a reabilitação desportiva à reabilitação reumatológica passando pela reabilitação neurológica até à reabilitação respiratória”, refere Nelson Azevedo, responsável pelo centro. A atuação deste centro de reabilitação vai desde a fase aguda até abordagens mais preventivas, com classes de exercícios funcionais a Pilates clínico, passando por métodos específicos de correção postural como o método de Mezières até à Neuromodulação Fascial.
A empresa é formada por uma equipa jovem e dinâmica com profissionais ligados à reabilitação especializada, desde fisioterapeutas especialistas a podologistas, nutricionistas a fisiologistas do exercício, terapeutas da fala a especialistas em medicina tradicional chinesa, sempre com o objetivo de desenvolver a reabilitação integrada focada no indivíduo como um todo. Além disso, o centro trabalha em estreita parceria com outros centros de referência na área da saúde, procurando a complementaridade e especificidade nas soluções a desenvolver em cada paciente.

Inovação e Desenvolvimento na vanguarda da reabilitação
Numa altura em que o mercado ligado ao setor da reabilitação se mostra bastante competitivo, torna-se preponderante estar dotado de elementos diferenciadores relativamente à concorrência. Quando questionado acerca do que seriam os elementos distintivos do seu centro de reabilitação, Nelson Azevedo mostrou-se muito seguro: “o que diferencia o nosso Centro é a inovação e desenvolvimento de novas técnicas de reabilitação, conjugadas com técnicas já amplamente validadas e usadas como terapias eficazes”. O aperfeiçoamento técnico e a aposta na formação contínua são fatores que considera de extrema importância, e que, segundo ele, a empresa procura cultivar, abrangendo todos os intervenientes e os serviços prestados. Além do mais, “a consolidação de uma identidade própria, com avaliações e tratamentos distintos, torna-se um fator de extrema importância na diferenciação num mercado cada vez mais competitivo”, refere ainda o diretor do centro de reabilitação.

A criação de sinergias com outras entidades de referência, nomeadamente na área da avaliação de alto rendimento ao nível fisiológico e com laboratórios de biomecânica, promove uma maior diferenciação na avaliação desportiva. E é neste sentido que este centro de reabilitação tem colaborado em vários trabalhos de investigação com instituições de Ensino Superior, em áreas como novos sistemas de intervenção em patologias neuromusculares e em estudos de avaliação postural, estando até a preparar um trabalho em larga escala de avaliação de deformidades da coluna vertebral em jovens, com recurso a uma tecnologia inovadora. Foi neste contexto que surgiu também a parceria com a Fibrenamics, decorrente de alguns trabalhos de desenvolvimento que se iniciaram em 2013.

“Muitas soluções com impacto real no mercado”
Para Nelson Azevedo, a metodologia de trabalho desenvolvida pela Fibrenamics é muito dinâmica e, por isso, sente que existe uma identificação com a filosofia da sua empresa no que respeita ao saber estar no mercado da saúde. “É uma parceria muito importante para nós pois expande e consolida um dos vetores mais importantes do nosso crescimento que é o desenvolvimento tecnológico e científico”.

Este centro de reabilitação pauta-se pelo aperfeiçoamento técnico e metodológico constante e, através de parcerias como esta, é possível acompanhar e promover este tipo de desenvolvimento. “Existem outras colaborações com outros grupos de investigação dos quais o nosso Centro faz parte”, mas, de acordo com a opinião de Nelson Azevedo, não apresentam o dinamismo que a Fibrenamics demonstra em cada projeto desenvolvido. “A procura de conhecimento diferenciado na área da saúde associada com um conhecimento profundo das problemáticas existentes no mercado, assim como as suas carências ao nível de novos produtos, torna esta sinergia uma mais-valia para as duas entidades”, assegura ainda o responsável.

Neste momento, o centro está a colaborar com a Fibrenamics no desenvolvimento de camisolas de correção postural, cujo objetivo é a correção das principais deformidades da coluna vertebral decorrentes de más posturas, e de meias desportivas com a componente de prevenção de lesões e controlo propriocetivo, assim como estudos clínicos de produtos em desenvolvimento para a sua validação.

Os principais objetivos desta parceria são a criação de sinergias através de projetos conjuntos onde se possa criar know-how e utilizar esse saber em aplicações úteis para a área da saúde e sociedade em geral.
Nelson Azevedo garante que existem projetos que serão lançados no futuro com o intuito de criar soluções que visam mudar o paradigma da reabilitação, criando alternativas que possibilitem a reabilitação contínua (24h sobre 24h), para que, desta forma, o indivíduo possa rapidamente integrar o seu papel ativo numa sociedade cada vez mais exigente. Além disso, esclarece que um dos desafios que atualmente existem na reabilitação prende-se com a modulação do tecido conjuntivo no processo de recuperação funcional. Esse tecido, com particular interesse o tecido fascial, assume uma importância cada vez maior na reabilitação física. Uma das particularidades mais interessantes desse tecido é o comportamento das fibras que compõem a sua matriz.

“Neste momento, estamos a desenvolver novas técnicas que nos permitem realizar tratamentos mais eficazes e mais rápidos para patologias que envolvam a fáscia (tipo de tecido conjuntivo fibroso que se espalha por todo o corpo de forma contínua). Aqui, a Fibrenamics terá um papel particularmente importante no desenvolvimento de novas tecnologias que permitam um melhor conhecimento e uma maior eficácia no seu tratamento, visto tratar-se de ‘fibras’. A médio e longo prazo, esperamos ver muitas soluções com impacto real no mercado, fruto desta parceria”, assegura Nelson Azevedo.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter
Nelson Azevedo – Terapias Globais