Biopolímeros: os novos Desafios e Oportunidades

Se a poluição por microplásticos desperta cada vez mais preocupação da comunidade internacional também a prevenção se torna um desafio e oportunidade emergente.

A investigação aplicada nesta área e direcionada ao futuro está focada nas melhorias de desempenho dos materiais existentes e em novas matérias primas, para além de encontrar soluções para a indústria.

Os biopolímeros são uma das soluções apontadas e se em 2018 representavam apenas 1% das 320 milhões de toneladas de plástico produzido anualmente (dados da European Bioplastics), dentro de 2 anos este número estará nos 20%.

O que irá ser abordado:
— A produção de biopolímeros: vantagens e desvantagens
— Os novos polímeros biodegradáveis e a sua aplicação na indústria
— Maturidade tecnológica: em que biomateriais apostar?
— Casos de sucesso

Oradores
João Bessa
João Bessa é mestre em Engenharia Química, com especialização no ramo de Processos e Produto, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.
Ao longo do ser percurso, integrou equipas de desenvolvimento de vários projetos e produtos nas áreas de engenharia, compósitos, materiais fibrosos, mobilidade, têxtil, entre outras, em empresas como a Sonae Indústria de Revestimentos (SIR), o Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), e mais recentemente a Fibrenamics, sendo autor de mais de 20 publicações científicas.
João Bessa é atualmente Technology Manager na Plataforma Fibrenamics, onde se encontra desde 2015.

Data
26 de março de 2020

Duração
1 hora
(contempla 15min para P&R)

Horário
14h00 – 15h00
(hora de Lisboa UTC +1)

Língua 
Português

Preço
Gratuito

Mais Informações
Ricardo Zocca
Telm: 910 562 552
Email: ricardozocca@fibrenamics.com

Oradores
João Bessa
João Bessa
Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter