Argamassas reforçadas com resíduos fibrosos

Na indústria da construção civil existem oportunidades de valorização destes resíduos através da sua incorporação em argamassas para aplicação de rebocos ou camadas de enchimento. As matrizes cimentícias reforçadas com fibras apresentam diversas vantagens, nomeadamente: melhor comportamento mecânico e menor fissuração por retração e expansão obtendo-se, desta forma, um material com uma durabilidade superior. Estas propriedades advém do facto de as fibras, constituintes dos resíduos, terem a capacidade de agir como uma “ponte” entre os constituintes da matriz, permitindo assim diminuir a microfissuração causada pela retração por secagem da argamassa assim como prevenir a transformação de micro fissuras em macro fissuras. Esta aplicação permite obter argamassas reforçadas com uma resistência à compressão e flexão até 10% e 20% superior, respetivamente.