GradiERT – Desenvolvimento de compósitos com gradientes de propriedades

01-09-2017 a 31-08-2019

Uma união feliz entre ciência e meio ambiente.

Com a economia circular em mente, a Fibrenamics-Universidade do Minho desenvolveu em parceria com o Grupo ERT o projeto GradiERT – compósitos com gradientes de propriedades para componentes de Automóvel, Arquitetura e Defesa, onde os resíduos de processos industriais são valorizados.

Criado a partir da (re)utilização de resíduos de Etileno-Vinil-Acetato (EVA) provenientes da indústria do calçado, o GradiERT permite explorar o potencial da sua aplicação em novos produtos graças ao processo tecnológico de moldação por compressão a quente que foi desenvolvido.

Esta tecnologia, aliada à reutilização de resíduos e ao conhecimento científico alicerçado, deu origem a modelos demonstradores inovadores representativos da sua aplicabilidade nos três setores:

Automóvel: Boas propriedades para a utilização no interior dos automóveis, tendo sido desenvolvidos apoios de braços que garantem conforto e design.

Defesa: Elevada capacidade de amortecimento de impacto sendo ideal para a aplicação em paddings para capacetes, conferindo conforto e transpirabilidade ao equipamento.

Arquitetura: Com a possibilidade de moldação, o material oferece inúmeras possibilidades também na arquitetura onde garante uma gama de aplicações em revestimentos decorativos.

O projeto GradiERT está agora pronto a entrar no mercado sendo um bom exemplo da aplicabilidade e potencial da economia circular ao transformar resíduos industriais em matérias primas de elevado desempenho e caraterísticas híbridas de rigidez e resiliência.

Parceria

Financiamento

TecMinho
Universidade do Minho
Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInTweet about this on Twitter